A importância do monitoramento crítico

madre-teresaAinda que Madre Teresa de Calcutá pudesse exercer a Presidência da República, com a sua reconhecida pureza de alma, reputaria como imprescindível que preservássemos sempre um cuidadoso monitoramento crítico sobre o seu trabalho.
Amigos mais à direita me surpreendem com um interesse firme em defender as posições mais esquisitas de Donald Trump, irritando-se com quem os contradiga. Isso me lembra muito a idolatria esquerdista a Lula. Quanta perda de energia, pois todos estamos sujeitos a erros (não intencionais) ou irregularidades (intencionais).
Não tenho admiração pela figura pessoal de nenhum político ou servidor público, seja Lula, FHC, Temer, Aécio, Alckmin, STF, Polícia Federal, Ministério Público ou qualquer outro. Admiro apenas o que fazem de certo, observando-os atentamente.
República e Política não são brincadeiras de torcida por time de futebol. Há muito mais em jogo. Há tudo.

Ne Nuntium Necare

globo-ne-nuntium-necareAntigamente a esquerda botava a culpa de todas as mazelas do mundo na mídia, especialmente na Globo.

Agora a direita bota a culpa de todas as mazelas do mundo na mídia, especialmente na Globo.

Vamos parar com essa bobagem? Publiquemos as nossas verdades aqui, em blogues e em vlogues. Cativemos as atenções com a nossa verdade, com análises e propostas interessantes.

Paremos com os ataques e rótulos aos profissionais da mídia, estejam eles certos ou errados em sua humanidade. Lembremos que, se há um problema, está sempre no noticiado. Jornalistas podem errar em suas análises e opiniões tanto quanto podem os nossos melhores mestres e professores.

Não mate o mensageiro.

P.S. A Globo realmente derrubou o PT no domingo (17/4/16) de votação do impeachment na Câmara. Bonner pressionou os deputados, expondo-os o dia inteiro. Só por isso sou grato à Globo, ainda que provavelmente ali fosse uma luta particular, de vida ou morte. Se o PT ficasse no poder, um dia iriam fechar a Globo.

Ainda que haja uma linha editorial do veículo para uma direção ou outra ocasionalmente, acredito que devamos nos concentrar na informação em si e tirar as nossas próprias conclusões. Um jornalismo livre é fundamental para a democracia.

Quero apenas poder contar com os veículos de comunicação que prezem e trabalhem por um país livre da corrupção. Não gostou? Mude de canal, mude de revista.

A bela visão do Papa Francisco sobre a proteção de animais e do ambiente natural

Acabo de ler a encíclica “Laudato si” do Papa Francisco, de 2015.
É uma obra belíssima, que retrata a inteligência e a perspicácia do papa num dos temas mais importantes da atualidade: a responsabilidade do ser humano diante do ambiente natural em que vive.
Apesar de divergir de algumas opiniões dele em tópicos de caráter econômico e outros quanto à natureza humana, reconheço uma genuína e lúcida preocupação com o nosso mundo.
Chamo a atenção para sua bela abordagem quanto à dignidade dos animais, assunto que me preocupava por chamar-se Francisco.
Discordo da reclamação dele (2016) de pessoas cuidarem mais de animais em detrimento a outras pessoas. Ele não quer aceitar que ajudar a outras pessoas requer um grau de doação que muitas vezes não é possível a um indivíduo comum. E os animais, por sua imensa fragilidade, são muito mais frequentemente submetidos a crueldades.
Creio que aposta demais na humanidade, esquecendo os fatores evolutivos intrínsecos que leva a nossa espécie a pensar sempre primeiro em si e muito pouco nos outros. É da nossa natureza. Penso que deveria reconhecer isso e rezar para que a transcendamos.
Parece-me muito difícil ainda para muita gente perceber e aceitar o quão primitiva ainda é a nossa espécie, a nossa sociedade global.
De qualquer maneira, essa encíclica é um importante avanço para a religião e para a filosofia.


https://m.vatican.va/content/francescomobile/pt/encyclicals/documents/papa-francesco_20150524_enciclica-laudato-si.html